Dia Mundial do Meio Ambiente foi comemorado no Parque Vila Velha durante o final de semana

Eventos
Dia Mundial do Meio Ambiente foi comemorado no Parque Vila Velha durante o final de semana

Desde 1972, a Organização das Nações Unidas (ONU) e diversas outras entidades promovem ações de conscientização no Dia Mundial do Meio Ambiente –  5 de junho. Desde a primeira vez em que foi celebrado, em 1973, o Dia Mundial do Meio Ambiente se desenvolveu como uma plataforma global de sensibilização e ação para questões urgentes.

Neste ano, o evento teve a Suécia como anfitriã e o tema “Uma Só Terra”, com foco na “vida sustentável em harmonia com a natureza”.  E o Parque Estadual de Vila Velha, localizado nos Campos Gerais no Estado do Paraná, entende essa data como de suma importância para conscientizar a população da necessidade dos cuidados, conservação e manejo da biodiversidade.

“Os dois últimos anos fez com que a população repensasse suas ações em relação ao meio ambiente”, relembra Leandro Ribas, Gestor do Parque Vila Velha. “Cuidar da saúde ambiental é condição principal para se preservar a saúde humana”, enfatiza. 

E, para comemorar essa data, o Parque Vila Velha realizou ações direcionadas a conscientização a respeito do cuidado junto ao meio ambiente, o engenheiro ambiental da KWM – Kapersul Waste Management , Leon Fernando Miecoanski, explicou, via redes sociais, o processo de reciclagem e reutilização dos resíduos do Parque Vila Velha. E, no dia 05 de junho, aconteceu uma dinâmica sobre conscientização de resíduos, no Centro de Visitantes do Parque Vila Velha. Aos visitantes do Parque durante o final de semana, foram entregues pacotinhos de sementes de flores, visando a conscientização ambiental.

Aterro Zero

O Parque Estadual de Vila Velha entrou para história do turismo sustentável do Brasil em 2020, ao se tornar o primeiro parque de uma unidade de conservação do país a conquistar o selo Aterro Zero por sua Gestão de Resíduos Sólidos. O certificado é a garantia de que o parque faz corretamente a coleta e destinação de todos os resíduos gerados por sua operação, sem destinar um único grama de lixo para aterros sanitários.

“Um parque que tem a natureza como seu principal patrimônio e atrativo tem que cuidar do meio ambiente como um todo. Por isso, firmamos essa parceria com a KWM para desenvolver uma solução customizada para a gestão responsável e sustentável de todos os resíduos sólidos produzidos dentro do parque. Nossa Política de Gestão de Resíduos Sólidos foi aprovada integralmente pelo Instituto Água e Terra e temos o orgulho de escrever um novo capítulo na história do turismo brasileiro”, destacou Leandro.

Do total de resíduos, cerca de 60% são recicláveis (papel, metal, plástico e vidro) e 40% são resíduos orgânicos e rejeitos (material que não pode ser reaproveitado). Com o plano de gestão, os rejeitos do Parque Vila Velha são utilizados como combustível alternativo na produção de cimento, por coprocessamento. Os resíduos orgânicos são transformados em adubo pelo processo de compostagem. Os resíduos recicláveis são triados, classificados por tipologia e destinados para diferentes indústrias de transformação, retornando ao uso como matéria-prima ou novos produtos.


Veja também

01/06/2021

Conversa de Parque fala sobre saúde e bem-estar

Além de proporcionar a você uma sensação de bem-estar com suas trilhas, o Parque (...)

09/03/2021

Parque Vila Velha funcionará em horário diferenciado nesta semana

A partir desta quarta-feira (10), o Parque Vila Velha funcionará em horário diferenciado, atendendo (...)

06/10/2020

HOG The One Curitiba: Parque Vila Velha foi o destino do grupo no retorno dos seus passeios

No último sábado (3), 43 motos do grupo HOG The One Curitiba, composto por proprietários de motos (...)